sábado, 2 de dezembro de 2017

Bolo de bolacha II (com creme branco e doce de ovos)


 


Pois é, ja passou tanto tempo...
Tanto tempo de coisas boas, menos boas, muito boas e também muito más, mas a vida ensina-nos que temos de continuar e as coisas muito boas que acontecem ajudam a superar as restantes.
Há já tanto tempo que estava na altura de regessar ao blog, mas chegou agora o tempo certo, obrigada a todos os que continuaram a apoiar e a pedir para regressar!
E o que é que nos conforta numa refeição? O que é que nos faz conseguir sempre comer mais um bocadinho? A que é que nao conseguimos resistir? Um doce...
Boa semana!


Ingredientes

2 pacotes de bolacha Maria
400ml de natas frescas
1 lata de leite condensado
6 folhas de gelatina
300ml de café forte
1 c.sopa de sumo de limão
2 c.sopa de amêndoas
6 gemas
200g de açúcar
1 c.chá de farinha maizena

Modo de preparação:
Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria para hidratar. Escorra e reserve.
Prepare o café, coloque num prato fundo e deixe arrefecer enquanto prepara o creme.
Na batedeira bata as natas até  começarem a ficar espessas, junte o leite condensado em fio, o sumo de limão e bata até estar tudo bem espesso e envolvido. Derreta a gelatina durante 2-3 segundos no microondas e junte de imediato à mistura anterior, envolvendo bem.
Pique grosseiramente as amêndoas e cerca de 4-5 bolachas e reserve.

Prepare o doce de ovos: leve ao lume 100ml de água com o açúcar e assim que começar a ferver deixe durante 5m. Entretanto misturam-se as gemas com a farinha maizena.
Quando a calda ferver, retire do lume e deixa-se arrefecer 10m. Junte as gemas e leve de novo ao lume mexendo sempre. Quando começar a borbulhar apague o lume e continue a mexer até arrefecer um pouco.

Montagem do bolo: num prato (coloque um aro grande se tiver porque facilita) coloque um bocadinho de creme para ajudar a fixar as bolachas. Faça depois camadas alternadas de bolachas demolhadas no café e de creme, terminando com creme. Adicione por fim o doce de ovos e polvilhe generosamente com as bolachas e amêndoas picadas.

Divirtam-se!

terça-feira, 28 de abril de 2015

Canelones de Frango com Alho-Francês



Cá por casa, as terças-feiras são sempre dias mais calmos.
A terça-feira é o dia em que, se o tempo permite, se passeia a seguir ao jantar, enquanto o cão brinca com os seus cães amigos, enquanto as crianças brincam na rua e andam de bicicleta, o dia em que os livros são devorados mais que o costume... Assim é também o dia em que se janta com mais calma e se cozinha aquela receita que nos faz sentir bem.
A receita que vos deixo hoje é simples, saudável e muito saborosa.


Ingredientes 

12 folhas de lasanha frescas
2 peitos de frango
2 alhos franceses
1 cebola
2 dentes de alho
100ml vinho branco
1 limão
200ml de leite
200ml natas de soja
1 colher sopa manteiga
2 colheres de sopa de farinha
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Faça um refogado leve com a cebola e alhos picados num fio de azeite.
Corte em rodelas muito fininhas o alho-francês e lave-as muito bem. Depois de escorrer, junte-as ao refogado.
Corte os peitos de frango em cubos pequenos e adicione ao preparado anterior, regue com o vinho branco, tempere com sal, pimenta, sumo de meio limão, tape e deixe estufar ligeiramente.
Prepare o molho: Derreta a manteiga num tacho, junte a farinha mexendo bem sem deixar queimar. Aos poucos junte o leite, as natas e sem parar de mexer deixe engrossar ligeiramente o molho. Tempere com sal, pimenta e sumo do restante limão.
Faça os canenoles: Coloque um pouco de recheio na ponta de 1 folha de lasanha, enrole e coloque num tabuleiro untado com um fio de azeite. Repita a operação até fazer todos os canelones.
Regue com o molho preparado e leve ao forno a 200º por 10 minutos (aproximadamente, depende de forno para forno).
Sirva com uma salada.

Bom apetite!


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Bifinhos de Frango com crocante de ervas


Ano novo, vida nova?
Pois é... pode parecer que não, mas estes novos dias mexem sempre com os nossos desafios, ambições, desejos... E este é um deles!
O ano de 2014 trouxe muitas coisas boas, e com essas, outras tão boas, ou melhores até, foram ficando para trás porque o tempo é o tempo, e quantas mais horas tivessem os nossos dias, mais iríamos pedir...é a sensação que tenho.
Muito obrigada a todos os que me pediram para regressar, realmente este cantinho faz-me bem e gosto de estar aqui. Obrigada mesmo!

Devemos então estar todos fartos dos exageros da época festiva que acabou, já retirámos as decorações de natal (ou não...), reorganizámos a disposição do mobiliário da sala e parece finalmente estar tudo no sitio e que a calma regressou.
Com isto estamos a precisar de relaxar e estamos assim prontos para novos dias com comidinhas mais saudáveis, certo?
Ótima para um imprevisto, ou para quem, como eu, gosta de planear as refeições com alguma antecedência, acreditem a receita de hoje é muito muito simples, mas nem por isso menos saborosa.
Vamos lá?


Ingredientes para 4 pessoas

4 peitos de Frango
3 fatias pequenas de broa de centeio
6 pés de salsa
6 pés de coentros
1 limão
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.

Modo de preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Abra os peitos de frango ao meio, tempere-os com sal, pimenta e o sumo do limão e se puder deixe-os assim de um dia para o outro guardados no frigorífico.
Triture na picadora ou num robot de cozinha as fatias de broa (sem retirar a côdea) juntamente com as ervas e uma pitada de pimenta acabada de moer.
Coloque os bifinhos num tabuleiro forrado com papel vegetal, e por cima de cada um deles coloque um pouco da mistura de broa e ervas, calcando ligeiramente com as costas de uma colher.
Salpique levemente com azeite e leve ao forno já quente, por 15m, no modo Grill.
Sirva com arroz e uma salada de alfaces e tomate cherry.

Que tal?

sábado, 23 de agosto de 2014

Brigadeiros


  
Olá!
A receita desta semana tinha de ser um docinho.. pois tinha!
E por ser tão pequenino, tão delicado, tão bom, não há cá culpas de o comer! É só um…e depois outro…e…
Brigadeiro é um doce de origem brasileira, com variadíssimas versões que segundo a história teve este nome em homenagem ao militar (brigadeiro) Eduardo Gomes.
Histórias à parte e receitas à frente, vamos lá ver como é que se faz a receita tradicional (depois, um dia mais tarde partilho outras versões igualmente deliciosas).

Ingredientes para cerca de 40 unidades

1 lata de leite condensado
4 colheres de sopa de cacau em pó de boa qualidade
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1 colher de sobremesa de mel
1 pitada de sal


Modo de preparação:
Num tacho pequeno, junte todos os ingredientes e leve ao lume, no mínimo.
Com muita paciência não pare de mexer… Sim, não pare de mexer!
Assim que a massa se começar a descolar do fundo, desligue e passe para um tabuleiro ou um prato fundo. Alise bem e tape com película aderente, deixando esta bem junto à massa, sem deixar ar entre a película e a massa.
Coloque no frigorífico e deixe arrefecer, pode deixar assim de um dia para o outro.
Com as mãos faça pequenas bolinhas, e passe-as pela cobertura que mais gostar. Desta vez usei coco ralado, amendoim picado e bolinhas chocolate.
Coloque-os em caixinhas e veja quanto tempo resistem na mesa....

Bom apetite!